É autora e apresentadora de dois projectos na RTP, com formato de reportagens e documentários humanitários : Príncipes do Nada e Dar Vida sem Morrer.


Em Príncipes do Nada, um programa que já vai na terceira série, Catarina apresenta histórias de vida de pessoas que ajudam outros seres humanos em países em desenvolvimento. São histórias de pessoas comuns, mas com vidas extraordinárias, que tentam que o mundo pareça menos injusto aos olhos de quem mais sofre. A cada episódio, o telespectador mergulha em realidades dramáticas através de exemplos de esperança.

Estes Príncipes são voluntários, trabalhadores de ONG, associações, agentes da cooperação Portuguesa, missionários religiosos, são, basicamente, aqueles que abandonam a sua vida normal para enfrentar países com culturas muito diferentes das suas, dispostos a dar a mão àqueles que mais precisam. São quem que faz a diferença.

“Não se nasce pobre, está-se pobre. As desigualdades acontecem também por discriminação mesmo quando se desenham as políticas de intervenção. Por isso, Príncipes do Nada são também aqueles que conseguem colocar o seu apelo em voz alta, na ordem do dia, nas agendas nacionais e internacionais. Príncipes do Nada ajudam a reflectir, a mudar mentalidades, com uma preocupação central de promover a cidadania e os Direitos Humanos. Mesmo sem Nada pode ser-se TUDO, até príncipes e princesas.”

Aliada à sua missão de Embaixadora do UNFPA, Catarina pretende transmitir a mensagem da urgência de actuação nestes países. Dar Vida sem Morrer é um formato de quatro documentários, de 50 minutos cada, onde Catarina dá a conhecer o resultado de um projecto do UNFPA, em parceria com o Ministério da Saúde da Guiné-Bissau que visa reforçar os Cuidados Obstetrícios de urgência nas regiões de Oio, Gabú e Bafatá e tem como objectivo principal a redução da mortalidade materna e infantil. Esta iniciativa resultou de uma acção promovida por Catarina junto da RTP numa emissão especial do programa Dança Comigo: Dança Comigo por uma Boa Causa¸ onde os espectadores da RTP contribuíram com 250.000 euros de donativos e que teve depois o importante apoio da Cooperação Portuguesa que contribuiu com um montante igual. Os documentários mostram o antes e o depois da intervenção e as milhares de vidas que foram salvas de mães e bebés.


Veja aqui a página: PRÍNCIPES DO NADA.



Apresentadora

Catarina Furtado é uma das personalidades mais versáteis da televisão portuguesa.

Actriz

A carreira de Catarina passa também pela sua vertente de actriz, com trabalhos de representação em televisão, teatro, dobragens e narrações.

Autora

Catarina é autora de programas de rádio e co-autora de programas de televisão. Já escreveu crónicas, um livro, um argumento e várias letras de canções.

Embaixadora UNFPA

Em 1999 Catarina Furtado foi nomeada Embaixadora de Boa Vontade do Fundo das Nações Unidas para a População.

Documentarista

Catarina Furtado apresenta e é co-autora, juntamente com Ricardo Freitas, de dois projectos exibidos na RTP em formato de documentários humanitários: Príncipes do Nada e Dar Vida sem Morrer.

Associação Corações com Coroa

Corações com Coroa é uma associação sem fins lucrativos, criada por Catarina Furtado, Ana Magalhães e Ana Torres em Janeiro de 2012. Tem como objectivo central promover uma cultura de solidariedade e inclusão sócio-afectiva das pessoas em situações de vulnerabilidade, risco e pobreza.

Imagem

Catarina começou a trabalhar aos 19 anos e já completou 21 anos de carreira.

Webdesign de Mão